Valentino: sandália de corda é a nova 'gladiadora' e custa R$ 3 mil -

Valentino: sandália de corda é a nova ‘gladiadora’ e custa R$ 3 mil

Primeiramente, em sua nova coleção de verão, Valentino lançou uma sandália que divide opiniões, a The Rope. Portanto, seguindo o modelo ‘gladiadora’, a sandália tem amarrações no tornozelo.

Há muitos estilos de sandálias para se inspirar: existem as grossas, as sandálias de velcro (ou sandálias “papais” e os chinelos plataforma), mas há outro candidato ao estilo de sandália mais legal do ano: sandálias de corda, ‘rope’, em inglês. 

Veja também:

As sandálias The Rope são ligeiramente boémias, mas com um toque de estilo. No entanto, não é só o modelo da Valentino, que está em promoção por US$ 537 (R$ 3 mil), que existe no mercado.

Por fim, aparentemente, “corda” foi uma inspiração para muitas outras marcas para suas coleções 2020, confira:

Veja também:

The Rope, Valentino

Sabrina Sato usando The Rope

The Rope, Valentino

Chanel

 

Gabriela Hearst

Mango

& Other Stories

Álvaro

Nomadic State of Mind

Carrie Forbes

Veja também:

Imagens: Reprodução

Portanto, fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br

Veja também

+ Mudaram as regras para compra de carro para PCD; veja como ficou

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ 20 passos simples para dar uma cara nova para sua casa

+ Você acha Gracyanne Barbosa sarada? É quer nunca viu a médica Chinesa Yuan Herong

+ Relógio de R$ 3 milhões de Faustão é inspirado em supercarro da Bugatti; veja

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Enio Mainardi, publicitário e pai de Diogo Mainardi, morre de covid-19

+ Quarto feminino: 6 dicas que você precisa saber antes de planejar o seu

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo



arrow