Tênis Nike Air Jordan exclusivo de Michael Jordan é vendido por preço recorde -

Tênis Nike Air Jordan exclusivo de Michael Jordan é vendido por preço recorde

Um par de tênis de Michael Jordan, de 1985, é vendido por mais do triplo do preço que estava estimado, em um leilão no domingo (17), quebrando o recorde mundial de tênis, de acordo com a Sotheby’s.

Imagens: Reprodução

Valorização do tênis nos últimos 20 minutos do leilão

Dez concorrentes de todo o mundo competiram pelos tênis autografados Nike Air Jordan 1 da lenda do basquete antes do leilão online fechar em US$ 560.000 (R$ 3.224 milhões), informou a casa de leilões em um comunicado à imprensa.

“Após uma guerra de licitações que elevou o valor em US$ 300.000 (R$ 1.728 milhão) nos últimos vinte minutos da venda, o par alcançou mais de 3,5 vezes sua estimativa de US$ 150.000 (R$ 864.000)”, disse a Sotheby’s.

Veja também:

Os licitantes abrangeram seis países em quatro continentes, de acordo com a casa de leilões.

Recorde mundial de leilão

A venda quebra o recorde mundial de leilão de um par de tênis, estabelecido no ano passado pelo leilão da Sotheby’s do “Moon Shoe” da Nike por US$ 437.500 (R$ 2.519 milhões). O tênis de corrida com sola de waffle, um dos 12 pares já feitos, foram projetados pelo co-fundador da Nike Bill Bowerman para os Jogos Olímpicos de 1972.

O Nike Air Jordan 1s foi fabricado exclusivamente para Michael Jordan e apresentava detalhes vermelhos em vez de preto e branco.

“Produzido entre fevereiro e abril de 1985, Jordan usou o par de Air Jordan 1s durante um ponto crucial de sua carreira e, assim, catapultou a popularidade do tênis”, disse Sotheby’s. “Usando sapatos incompatíveis a maior parte de sua carreira, o par está no tamanho 13 (equivalente ao 46 no Brasil) o esquerdo e 13,5 (equivalente ao 46,5 no Brasil) o direito.”

Veja também:

O tênis apresenta a assinatura de Jordan. E a Nike também nem ofereceu tênis mid-top ao público na época, de acordo com a Sotheby’s.

Curiosidades

“Jordan usou Air Jordan 1s até 29 de outubro de 1985, quando quebrou o pé e, posteriormente, decolou 64 jogos durante sua segunda temporada enquanto se recuperava”, disse Sotheby’s. “Ele usava versões modificadas do Air Jordan 1 ao retornar ao jogo”.

O leilão coincidiu com o episódio final de “The Last Dance”, os documentários da ESPN sobre Jordan e a dinastia da NBA do Chicago Bulls.

A estreia da série de 10 episódios, que foi ao ar em abril, teve uma média de 6,1 milhões de telespectadores, informou a rede em comunicado. Isso faz de “The Last Dance” o documentário da ESPN mais visto de todos os tempos.

A Sotheby’s disse que a venda de calçados “mostra não apenas o incrível apelo de Michael Jordan como um dos atletas mais reconhecidos e lendários de todos os tempos, mas também que a coleção de tênis é realmente um mercado global e crescente”.

De acordo com o Stockx, um site em que as pessoas podem comprar e vender tênis e roupas de rua, entre 1º de janeiro e a estreia da série em 18 de abril, 217 pares retrô Air Jordan 1 ‘Chicago’ de 2015 foram vendidos por um preço médio de US$ 925 (R$ 5.325,00).

Veja também:



arrow