Qual é o sabor e o preço do vinho mais caro do mundo?

Qual é o sabor e o preço do vinho mais caro do mundo?

Que excelentes vinhos costumam ter preços altos não é novidade. Mas 40 mil dólares em uma garrafa parece ser exagero. Este é o preço do vinho mais caro do mundo – como foi descrito o Royal Tokaji Essencia 2008 magnum decanter na ocasião de seu lançamento. E apesar de ser algo difícil de provar, ele certamente é, no mínimo, o vinho mais caro vendido em 2019, segundo a CNN. O vinho é doce naturalmente e tem baixo teor alcoólico, o que não é comum.

Qual o melhor vinho e a melhor vinícola da década no mundo
A garrafa de uísque mais cara do mundo é vendida por US$ 1,1 milhão
Chef Erick Jacquin lança vinho Bordeaux francês no Brasil; veja preço
Você já pode comer a verdadeira pizza italiana em São Paulo
Os restaurantes mais caros do mundo; veja quanto custam
Como e onde será o primeiro restaurante da Louis Vuitton
Vale a pena ficar em um hotel 5 estrelas? Veja o que ele tem

Os produtores do vinho húngaro dizem que sua edição limitada Essencia 2008 vale cada centavo. Há apenas 20 garradas de 1,5 litro, com design do artista James Carcass, e 18 delas foram lançadas no ano passado. A caixa é laqueada e ilumina a garrafa feita à mão. Não há duas delas iguais: cada uma é exclusiva.

Se você acha que, com este preço, a bebida não vendeu está enganado. Onze garrafas já foram vendidas. A data de validade do vinho é só no ano 2300. Então, há tempo para vender as nove restantes.

O restaurante mais caro dos EUA fica na Disney; veja o preço

Par de tênis mais caro do mundo, Nike Moon Shoe bate recorde; veja preço

Viagem com milhas: como família ficou 6 dias em resort só com R$ 1.350

Os carros de luxo de Kylie Jenner: já posou com R$ 20 mi em veículos

O sabor do vinho mais caro do mundo

O Essencia é feito na região produtora de vinhos de Tokaj, ao nordeste de Budapeste, que produz vinhos doces. A doçura vem de uma espécie de ‘mofo nobre’, que seca as uvas da videira, enrugando-as e deixando-as parecendo passas. Somente as melhores uvas aszú são usadas para Essencia, que é feita inteiramente a partir do suco de bagas de aszú (os outros vinhos produzidos na região têm um vinho base adicionado para diluir sua doçura).

Visitantes podem fazer tours privados à vinícola, que fica a cerca de 2h de Budapeste para prová-lo.

“Essencia é em si um milagre da natureza”, diz Orsi Szentkiralyi, um enólogo húngaro que vive em Londrs. “É muito trabalhoso e exige muitos anos de cuidado na adega.” “Ele atinge apenas alguns graus de álcool, mas possui muita e doçura natural. É tão rico que normalmente é servido em uma colher em vez de em um copo.”

Essencia só pode se produzido em anos com o clima perfeito para o mofo nobre. E 2008 foi um ano impressionante.

É necessário cerca de um quilo de uvas aszú “incrivelmente maduras” para produzir apenas uma colher de chá do vinho, enquanto cerca de 20 kg de uvas murchas em bagas de aszú são necessárias para uma garrafa de vinho de 37,5 centilitros, que geralmente contém cerca de 3% de álcool.

A decisão de quando engarrafar um Essencia é sempre do produtor”, explica Zoltan Kovacs, gerente geral da Royal Tokaji Winery. “Pode ser depois de três, quatro anos ou até dez. Este Essencia [2008] foi engarrafado após oito anos de maturação. É uma Essência um pouco incomum porque tem um volume maior de álcool – cerca de 4%.”

Veja também

+ Cientistas localizam o centro do Sistema Solar — e advinhem, não é o Sol
+ Maria Zilda relembra quando soube que Ary Fontoura era gay
+ Uma Harley-Davidson com 360 diamantes e peças banhados a ouro, a moto mais cara do mundo
+ Veja momento em que bola de fogo explode no céu de Tóquio
+ Rafa Kalimann ensina receita de palha italiana; veja o vídeo
+ Juliana Caetano, do Bonde do Forró, fala sobre proposta de 500 mil reais que recebeu
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo



arrow