Platinum Mamba, a faca que é mais cara que um Porsche

Platinum Mamba, a faca que é mais cara que um Porsche

PLATINUM MAMBA
Platinum Mamba, a faca que é mais cara que um Porsche. Foto: Divulgação
Platinum Mamba, a faca que é mais cara que um Porsche. Foto: Divulgação

Acredite: a ‘Platinum Mamba‘, que custa nada menos que 150 mil dólares, é uma faca mais cara que um Porsche. Seu preço pode parecer excessivo para muitos, mas não para o CEO da Cabot Guns, Rob Bianchin, o criador dessa faca superespecial feita de um metal mais duro que o aço e com lâmina de diamante.

Joias Masterchef: Vivara lança pingentes com utensílios de cozinha
Essas são as férias mais caras do mundo; veja onde ficam e quanto custam
5 curiosidades sobre o hotel em Miami que já hospedou de Elvis a Gaga

A lâmina de faca construída inteiramente com carboneto de tungstênio, um material tradicionalmente reservado para a indústria industrial

Afinal, quando se tem um par de meteoritos de 4,5 milhões de dólares em sua mesa, você não pode usar qualquer lâmina. Cabot reuniu armas de fogo de todo o mundo, combinou técnicas inovadoras de fabricação com materiais não convencionais e adicionou uma boa dose de imaginação para criar a faca. Com a introdução do Platinum Mamba Knife, princípios inovadores ao mundo da cutelaria estão sendo aplicados.

Platinum Mamba, a faca que é mais cara que um Porsche. Foto: Divulgação
Platinum Mamba, a faca que é mais cara que um Porsche. Foto: Divulgação

Para criar a faca Platinum Mamba, a Cabot firmou parceria com o fabricante de lâminas italiano Alessandro Colombatto, diretor da Sandrin Knives. Colombatto é um especialista em carboneto de tungstênio de segunda geração e um daqueles artesãos raros por sua habilidade.

Cabot e Sandrin primeiro criaram o Big Bang Knife, com alças feitas de lascas de meteorito de 4,5 bilhões de anos, os mesmos materiais usados ​​para criar o Big Bang Pistol Set.

Feita de metal mais duro que o aço

A Sandrin é a única empresa que criou uma lâmina de faca construída inteiramente com carboneto de tungstênio. Seu “supermetal” foi exibido pela primeira vez em 2016, é mais duro que o aço e fornece uma superfície de corte que dura de 20 a 30 vezes mais que o melhor aço do mercado.

 

Lâmina de diamante

Não só o carboneto de tungstênio da Sandrin possui propriedades de corte superiores, mas a precisão da lâmina em si é incomparável. A faca é modelada usando um sistema de moagem multi-eixo Computer Numerical Controlled impregnado de diamante, que é 10 vezes mais preciso do que a usinagem tradicional. Além disso, a dureza e a consistência metalúrgica do material permitem que as tolerâncias sejam controladas nas medições de bandas de luz. A faca é perfeita dimensionalmente e apresenta um paralelismo de tolerância de 0,0003 polegadas na lâmina, que está muito além de qualquer coisa que já feita antes em uma faca de aço tradicional. Além de toda a tecnologia, a faca é adornada com platina, diamantes e camadas de jade preto.

A faca é adornada com platina, diamantes e jade

A indústria da faca

A empresa Cabot Guns nasceu da recessão, quando os especializados da Penn United Technologies e seus equipamentos de qualidade aeroespacial ficaram praticamente ociosos devido à falta de demanda da indústria. Os funcionários desta unidade de fabricação da Rust Belt decidiram aplicar seus talentos e maquinaria sofisticada para construir a melhor arma que pudessem.

O que começou como um projeto paralelo acabou como uma empresa independente: a Cabot Guns. A Cabot constrói pistolas como a modelo 191, só que com acabamentos especiais e extremamente caros, como a Jones Deluxe de quase 10 mil dólares.

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow