O que torna o vinho vulcânico tão especial: descubra diferencial de uvas cultivadas perto de vulcões -

O que torna o vinho vulcânico tão especial: descubra diferencial de uvas cultivadas perto de vulcões

Vinho feito com uvas vulcânicas é mais intenso. Foto: Piabay/ Pexels
Vinho feito com uvas vulcânicas é mais intenso. Foto: Piabay/ Pexels
Vinho feito com uvas vulcânicas é mais intenso. Foto: Piabay/ Pexels

Pode parecer um pouco maluco fazer vinho nas encostas de um vulcão. Afinal, o Monte Etna, na Sicília, entrou em erupção quatro vezes nos últimos 10 anos; o vulcão Cumbre Vieja nas Ilhas Canárias, da Espanha, tem expelido lava e cinzas por dois meses seguidos, danificando vinhedos na ilha de La Palma.

O historiador romano Plínio, o Velho, que testemunhou a erupção do Monte Vesúvio em 79 d.C., escreveu: “Quanto aos vinhos de Pompéia, eles [chegam] à sua plena perfeição em 10 anos”. Provavelmente alguns dos cidadãos daquela cidade infeliz estavam desfrutando de um ou dois copos bem envelhecidos, mesmo quando as cinzas vulcânicas começaram a escurecer o céu.

Vinho feito com uvas vulcânicas é mais intenso. Foto: Piabay/ Pexels
Vinho feito com uvas vulcânicas é mais intenso. Foto: Piabay/ Pexels

Então, por que não plantar suas videiras em um pedaço de terra agradável, plano e sem magma por perto? A questão é que os solos vulcânicos parecem ajudar a dar um caráter distinto ao vinho, tanto tinto quanto branco, não encontrado em outros lugares.

Veja também:

A água escoa facilmente através do solo vulcânico; o solo também não costuma ser muito fértil e tem alto teor de minerais. O resultado tende a ser frutas menores, mais ácidas, menos efusivamente maduras, produzindo vinhos tensos e saborosos, concentrados em sabor, mas raramente pesados ​​ou densos – para alguns, ideais para os primeiros dias frios da primavera.

Veja também:

Claro, nem todos os solos vulcânicos são encontrados em vulcões ativos. Convenientemente – ou felizmente – vulcões que foram extintos há milhões de anos podem ser igualmente úteis. Portanto, além dos vinhos do Etna e das Canárias, procure regiões como Soave no norte da Itália, Santorini na Grécia, partes do Willamette Valley no Oregon e do Napa Valley na Califórnia e Lake County na Califórnia.

E, claro, há a Campânia na Itália, onde você pode até visitar Pompéia e experimentar os vinhos no próprio lugar, se quiser.

Fonte: Food & Wine

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br


Veja também:

+ Marília Gabriela fala sobre morar em Portugal
+ Filha do cantor Leonardo exibe bumbum gigante ao posar de biquíni em praia do Ceará
+ Veja as 10 scooters mais vendidas no Brasil
+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021
+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias
+ Filha do cantor Leonardo exibe bumbum gigante ao posar de biquíni em praia do Ceará
+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões
+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais
+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’
+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos
+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!
+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco
+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano



Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow