NASA estuda asteroide com tanto metal precioso que faria todos na Terra bilionários -

NASA estuda asteroide com tanto metal precioso que faria todos na Terra bilionários

Psyche 16 será o foco do projeto 2022 da NASA. Foto: Divulgação/NASA
Psyche 16 será o foco do projeto 2022 da NASA. Foto: Divulgação/NASA
Psyche 16 será o foco do projeto 2022 da NASA. Foto: Divulgação/NASA

A NASA está lançando uma missão para estudar um asteroide que vale mais de US $ 10.000 quatrilhões (R$ 72. 4 quatrilhões) – que dizem conter tanto metal precioso que todos na Terra seriam bilionários se sua preciosa carga fosse dividida entre a humanidade.

Psyche 16 – avistada pela primeira vez em março de 1852 – é uma rocha espacial de 200 km de largura que será o foco principal do projeto da NASA, com lançamento previsto para agosto de 2022.

Psyche 16 será o foco do projeto 2022 da NASA. Foto: Divulgação/NASA
Psyche 16 será o foco do projeto 2022 da NASA. Foto: Divulgação/NASA

A espaçonave chegaria ao asteroide quatro anos depois, no início de 2026.

Será a primeira exploração em um mundo de metal em vez de rocha e gelo. A NASA disse: “Ao contrário da maioria dos outros asteroides que são corpos rochosos ou gelados, os cientistas pensam que o asteroide 16 Psyche tipo M (metálico) é composto principalmente de ferro metálico e níquel semelhante à Terra”.

Veja também:

O asteroide está aninhado entre Marte e Júpiter. De acordo com o Daily Mail, acredita-se que sejam os “restos de um protoplaneta destruído por ‘colisões de impacto’ quando o sistema solar se formou.”

Desde então, uma equipe da Califórnia criou um novo mapa de temperatura para ajudar a NASA a entender as propriedades da superfície do asteroide. Normalmente, as imagens infravermelhas de uma rocha espacial fornecem apenas um fragmento de dados equivalente a um único pixel, mas os pesquisadores conseguiram uma resolução de 50 pixels.

“As descobertas são um passo para resolver o mistério da origem deste objeto incomum, que foi considerado por alguns como um pedaço do núcleo de um protoplaneta”, disseram os pesquisadores do estudo recente.

Veja também:

Eles descobriram que sua superfície era composta de pelo menos 30% de metal, com outras rochas na superfície contendo grãos de metal.

Katherine de Kleer, professora assistente de ciência planetária e astronomia, acrescentou: “Achamos que fragmentos dos núcleos, mantos e crostas desses objetos permanecem hoje na forma de asteroides. Se isso for verdade, isso nos dá nossa única oportunidade real de estudar diretamente os núcleos de objetos semelhantes a planetas.”

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site  www.desejoluxo.com.br 

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow