Japão: conheça o hotel mais antigo do mundo, que está na mesma família há 52 gerações! -

Japão: conheça o hotel mais antigo do mundo, que está na mesma família há 52 gerações!

Hotel mais antigo do mundo. Imagens: Divulgação

Nas colinas das Montanhas Akaishi, o Nishiyama Onsen Keiunkan é um “onsen” ou hotel termal em Hayakawa, no Japão.

Fundado na era Keiun, o hotel mais antigo do mundo, localizado no Japão, recebeu o nome da dinastia reinante; a pousada foi então chamada de Keiunkan. Aninhado entre várias fontes termais, é o hotel e empresa mais antigo do mundo. Fundado em 705 d.C. por Fujiwara Mahito com a intenção de servir como um refúgio, está na mesma família há 52 gerações.

Fujiwara Mahito era filho de um assessor do 38º imperador do Japão, o imperador Tenji. Projetada apenas alguns anos antes das primeiras moedas do Japão serem cunhadas, a pousada abriu as portas ao público em troca de itens como arroz e pontas de flecha.

Veja também:

No pé das montanhas de Kyoto, a água quente do hotel vem diretamente das fontes locais de Hakuho. Após sua descoberta, as águas curativas das fontes tornaram-se instantaneamente populares em todo o Japão. As águas dessas fontes são infundidas com minerais vitais como sódio, enxofre, cloretos e nitrato de cálcio. Um meio único desses minerais vulcânicos nas fontes termais naturais é cobiçado por suas propriedades curativas. Os visitantes atuais têm o privilégio de visitar as mesmas águas que banhavam famílias reais e samurais. São mais de 1.300 anos de opulenta história japonesa.

O hotel foi projetado no final do período Asuka. O estilo de arquitetura observado tem uma sobreposição entre o período Asuka e o período Heian. O projeto testemunhou algumas das mudanças arquitetônicas mais significativas com a introdução do budismo. Além disso, o budismo trouxe ao Japão a adoração dos kamis, a ideia de santuários permanentes que ficam nos jardins de esculturas do hotel. Novas esculturas foram adicionadas à paisagem desde a primeira construção. Estes incluem odes ao lutador de sumô Hitachiyama Taniemon e o maior monumento de Matsuo Basho do Japão. Essas esculturas podem ser acessadas após atravessar uma passarela de madeira.

Veja também:

A propriedade tem 37 quartos, com capacidade para hospedar de duas a sete pessoas. O turista irá desembolsar cerca de 52000 ienes (R$ 2493,09 por diária). Já em um outra opção de hospedagem, que oferece mais amenidades, como banho na parte externa do hotel, as diárias podem sair por 62000 ienes (cerca de R$ 2972,53).

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow