Jaeger-LeCoultre: relógios cobertos de diamante têm o menor motor feito à mão do mundo -

Jaeger-LeCoultre: relógios cobertos de diamante têm o menor motor feito à mão do mundo

Reduzir as engrenagens de um relógio não é nada novo na relojoaria, mas o famoso 101 da Jaeger-LeCoultre é tão minúsculo que suas partes parecem partículas de poeira a olho nu.

Imagens: Divulgação/Jaeger-LeCoultre

Concebido pela primeira vez em 1929, o 101 da Jaeger-LeCoultre, que foi construído especificamente para relógios de alta joalheria, ganhou as manchetes como o menor motor mecânico do mundo, com apenas 14 mm de comprimento e menos de 5 mm de largura – um recorde que ainda mantém até hoje.

Veja também:

É também um dos mais antigos do mundo em produção contínua desde sua criação e foi colocado no centro das atenções globais em 1953 quando o presidente da França presenteou a Rainha Elizabeth II com um exemplar, que ela usou durante sua coroação.

Jaeger-LeCoultre 101 Snowflake 

Primeiramente, devido à construção minuciosa das engrenagens no motor, que requer cerca de 30 horas de trabalho, apenas algumas dezenas podem ser feitas por ano. Incrivelmente, do conceito à criação, cada nova versão do 101 leva quase um ano e meio.

Veja também:

No entanto, o último 101 a aparecer no mercado estreou há dois anos com o Reine e o Feuille em uma pulseira linear. Agora, a marca apareceu com um estilo de pulseira dinâmico e uma pulseira “Snowflake” de aparência mais arredondada.

Tamanho do motor Jaeger-LeCoultre 101 ao lado de pedras de diamante

Portanto, o Snowflake 101 segue o exemplo dos flocos que crescem na fina camada de neve no Vallée de Joux, lar de muitas das maiores casas de relojoaria da Suíça. Por isso, o motivo foi criado com 904 diamantes, incluindo 204 diamantes em forma de pera e 700 diamantes de corte brilhante totalizando 20,9 quilates.

Veja também:

Processo manual para colocar os diamantes na pulseira

“Leva mais de 100 horas para ajustar a pulseira completa e não menos que 30 horas para fazer o movimento 101”, disse Catherine Renier, CEO da Jaeger-Le Coultre, em uma conferência. Além disso, “ambos exigem muita paciência e, claro, muita expertise e um excelente olho e precisão nas mãos.”

Jaeger-LeCoultre 101 Bangle 

Por fim, para se ter uma ideia de como é difícil criar máquinas desse tamanho, o relojoeiro que fez o menor relógio do mundo para a Audemars Piguet escreveu uma vez à marca que seus olhos estavam arruinados por fazer a invenção miniaturizada e que ele “não faria mais, por qualquer preço”.

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br

Veja também

+ Mudaram as regras para compra de carro para PCD; veja como ficou

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ 20 passos simples para dar uma cara nova para sua casa

+ Você acha Gracyanne Barbosa sarada? É quer nunca viu a médica Chinesa Yuan Herong

+ Relógio de R$ 3 milhões de Faustão é inspirado em supercarro da Bugatti; veja

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Enio Mainardi, publicitário e pai de Diogo Mainardi, morre de covid-19

+ Quarto feminino: 6 dicas que você precisa saber antes de planejar o seu

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo



arrow