Gin: descubra quando, como e onde surgiu a bebida do momento -

Gin: descubra quando, como e onde surgiu a bebida do momento

Gin surgiu da tentativa de inventar um remédio para os rins. Fotos: Pexels
Gin surgiu da tentativa de inventar um remédio para os rins. Fotos: Pexels
Gin surgiu da tentativa de inventar um remédio para os rins. Fotos: Pexels

gin tem conquistado os brasileiros nos últimos anos, tanto que, de acordo com a consultoria Nielsen Scantrack, o país teve crescimento de 87,3% em valor de vendas no varejo no ano de 2020, no comparativo com 2019.

Muitos nem imaginam, mas a história do gin começou na Holanda em meados do século XVII, pelo médico e professor Francisco de la Boie.

+ Adega e bar: como montar um cantinho especial para as bebidas em casa

+ Barzinho em casa: 5 móveis sofisticados para guardar suas bebidas com estilo

+ Bar em casa: como transformar esse cantinho e impressionar as visitas

Gin surgiu da tentativa de inventar um remédio para os rins. Fotos: Pexels
Gin surgiu da tentativa de inventar um remédio para os rins. Fotos: Pexels

Boie decidiu misturar zimbro ao destilado com o objetivo de criar um remédio para amenizar problemas renais. Porém, a receita acabou sendo utilizada para outros fins, e, por ser saborosa e barata, caiu no gosto dos soldados ingleses que lutaram na Guerra dos 30 anos (1618-1648), e também conquistou os operários ingleses no século 17.

O nome gin foi criado da junção de variantes do nome de zimbro, que em holandês é genever, em francês é genievre e em italiano é ginepro. Atualmente, a região da Toscana, na Itália, é a principal produtora de zimbro”, explica a bartender da Kalvelage, Wakana Morishita.

gin possui diferentes estilos como o London Dry, que é o mais popular e conta com o sabor forte de pinho de zimbro além de ser redestilado uma vez só; o Dry Gin, que passa por outras formas de infusão e destilação, e o Sloe gin, um licor vermelho britânico feito com gin e abrunhos (frutos de prunus spinosa, um parente da ameixa).

gin fez bastante sucesso nos anos 80, porém, entre as décadas de 1990 e 2000, as bebidas prontas viraram febre, e fez com que o destilado fosse deixado de lado”, diz Wakana.

A volta do gin

Em 2007, alguns renomados chefs de cozinha europeus se refrescavam com uma taça de gin tônica com gelo após uma longa jornada de trabalho nas cozinhas quentes de seus restaurantes. Alguns deles acabaram produzindo novas receitas de drinques, trazendo de volta a bebida para o universo dos coquetéis em alta.

Mesmo sendo considerado um destilado clássico, é possível criar novas versões de receitas já consolidadas. Os botânicos destilados são os responsáveis por deixar o gin com um aroma diferenciado. Eles são extratos vegetais que podem ser bagas de zimbros, frutas, sementes e condimentos. O zimbro é o botânico principal para a composição do gin, regido por lei inclusive. É o sabor que classifica a essência do destilado.

Na hora de preparar o coquetel, é importante usar uma taça própria de gin, pois o material da taça acaba influenciando na temperatura da bebida, ou seja, o vidro mantém o frescor do drinque e não passa o calor das mãos para a bebida.

Por fim, é preciso ficar atento também com a qualidade do gelo. Ou seja, não colocar um gelo muito derretido e priorizar aqueles de tamanho grande para ele não deixar a bebida aguada.

Quer ver mais notícias sobre gastronomia? Confira em nossas matérias:

+ Drink mais caro do mundo custa R$ 125 mil e vem com um diamante. Confira lista com os 10 mais!

+ Melhores bares de hotel do mundo e seus drinks mais famosos

+ Dia Internacional da Cerveja: 6 drinks super fáceis para fazer com a bebida


Veja também:

+ Marília Gabriela fala sobre morar em Portugal
+ Filha do cantor Leonardo exibe bumbum gigante ao posar de biquíni em praia do Ceará
+ Veja as 10 scooters mais vendidas no Brasil
+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021
+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias
+ Filha do cantor Leonardo exibe bumbum gigante ao posar de biquíni em praia do Ceará
+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões
+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais
+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’
+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos
+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!
+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco
+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano



Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow