Dior revela sua coleção masculina psicodélica para 2021: alegria e melancolia. Veja! -

Dior revela sua coleção masculina psicodélica para 2021: alegria e melancolia. Veja!

Imagens: Divulgação/Dior

Cores ácidas, padrões psicodélicos, extravagância luxuosa do traje com novas proporções, complementados com chinelos ou botas peculiares: a Dior revelou sua coleção masculina outono 2021 online na terça-feira, opondo alegria à melancolia que paira ao longo deste ano.

“Alegria, felicidade e esperança. Quando começamos a coleção, estávamos saindo do primeiro confinamento e eu queria trazer alegria, felicidade e esperança”, explica Kim Jones, designer britânica de coleções masculinas da maison de luxo francesa em um vídeo que acompanha a apresentação da coleção.

Essa coleção que ela queria “divertida e leve” brinca com a lacuna entre as silhuetas clássicas de Dior e o mundo do artista americano Kenny Scharf que, nos anos 80, havia criado conexões entre o mundo da arte contemporânea e o do grafite como Jean -Michel Basquiat ou Keith Haring.

Veja também:

“Eu amo o choque de cores – amarelo e roxo, laranja e azul, vermelho e verde. Quando você pega os opostos felizes e tristes e os junta, isso cria a tensão e a empolgação que eu amo”, disse Kenny Scharf. Os temas de suas obras são reproduzidos em jaquetas, suéteres ou camisas jacquard, como um macaco de bicos floridos, mas também bordados, com boinas ligeiramente quadradas, os chapéus preferidos de Christian Dior.

O bordado com ponto nó, uma das técnicas mais antigas do mundo, era realizado na China. Novo no lado da silhueta: a abundância de jaquetas e casacos com cintos usados ​​com calças curtas soltas revelando o tornozelo acima de “botas grossas” ou chinelos azuis ou rosa, um aceno para o lockdown global que impulsionou a moda de loungewear.

Veja também:

O casaco de seis botões revisita a jaqueta de trabalho, enquanto os casacos de sarja ingleses, tecido usado nos uniformes militares, são decorados com um enorme laço nas costas.

E o máximo em luxo, uma jaqueta “dupla-face” composta por duas peças sobrepostas uma sobre a outra com um ligeiro deslocamento. A cenografia do desfile exibida no site da Dior é desenhada pelo diretor francês Thomas Vanz como uma odisséia no espaço virtual.

Confira:

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow