Dinamarca abre primeiro Museu da Felicidade do mundo -

Dinamarca abre primeiro Museu da Felicidade do mundo

Dinamarca abre primeiro Museu da Felicidade do mundo
Dinamarca abre primeiro Museu da Felicidade do mundo
Imagem: Reprodução/Instagram @meikwiking

O que é felicidade? A resposta para essa pergunta você poderá encontrar na Dinamarca. O país nórdico inaugurou o primeiro Museu da Felicidade do mundo, que promete uma abordagem científica e política do tema.

Veja também:

O que esperar do Museu da Felicidade? Ao percorrer os 240 metros quadrados do prédio localizado no centro histórico da capital Copenhague, os visitantes poderão descobrir a história da felicidade, a anatomia dos sorrisos e desvendar por que os países nórdicos são considerados os mais felizes do mundo.

A interatividade é uma das marcas do Museu da Felicidade. Durante o tour, o visitante pode escolher entre a pílula azul ou vermelha do filme “Matrix”. Assim, o museu faz um convite à reflexão: viver na ilusão de uma vida perfeita ou viver no mundo real? Experiências envolvendo luz e chocolate, assim como experimentos de pensamento também estão entre as propostas.

Dinamarca abre primeiro Museu da Felicidade do mundo
Imagem: Reprodução/Instagram @meikwiking

Sorrir significa felicidade? Depende de qual país você usa como referência. O museu mostra que países como Japão, Índia e Irã consideram que os mais sorridentes são menos inteligentes. Enquanto Alemanha, Suíça e Malásia acreditam que pessoas que sorriem mais são mais felizes.

As exposições também incluem peças doadas por pessoas do mundo todo que traduzem para elas a verdadeira felicidade. Mostrar os diferentes conceitos de felicidade entre os povos e o que eles têm em comum é uma das propostas do novo museu dinamarquês. Sabia que os países nórdicos têm até uma palavra específica para essa sensação única? O termo “Hygge” pode ser interpretado por nós como aconchego ou bem-estar.

Dinamarca abre primeiro Museu da Felicidade do mundo
Imagem: Reprodução/Instagram @meikwiking

A Dinamarca é tida como o segundo país mais feliz do mundo de 2019, atrás apenas da Finlândia, de acordo com o Relatório Anual da Felicidade, da ONU. O Museu da Felicidade é uma iniciativa do Instituto de Pesquisa para Felicidade (Institut for Lykkeforskning) e tem, atualmente, capacidade para receber até 25 visitantes devido às normas sanitárias em meio à pandemia do novo coronavírus.

Veja também:

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br 

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow