Diamante azul raríssimo da África do Sul é vendido por R$ 200 milhões. Saiba mais! -

Diamante azul raríssimo da África do Sul é vendido por R$ 200 milhões. Saiba mais!

Imagem: Divulgação/Petra Diamonds

Vendido por mais de US$ 40 milhões (R$ 206 milhões), este raro diamante azul de 39 quilates é um dos diamantes brutos mais caros já vendidos no mundo.

Os diamantes raros são frequentemente vendidos por números colossais. E a prova disso é a venda do grupo de mineração Petra Diamond da África do Sul, que recentemente arrecadou um pouco mais de US$ 40 milhões em uma venda. A maravilha azul de 39,34 quilates foi encontrada em sua icônica mina Cullinan em abril de 2021 e é um de seus diamantes brutos mais caros até o momento.

Imagem: Divulgação/Petra Diamonds

O excepcional diamante azul Tipo IIb foi vendido para uma joint venture entre o grande produtor De Beers e a Diacore, uma empresa comercial de propriedade da família bilionária Steinmetz. Em perspectiva, rendeu pouco mais de US $ 1 milhão por quilate para se tornar a gema mais cara que Petra já vendeu.

Veja também:

Comentando sobre isso, o presidente-executivo da Petra, Richard Duffy, disse em um comunicado: “Este novo marco para a Petra segue-se à venda do diamante branco de 299 quilates Tipo IIa em março deste ano e dos cinco diamantes azuis que compõem a coleção Letlapa Tala em novembro de 2020.”

A joia icônica foi encontrada na mina Cullinan na África do Sul, que já foi propriedade da De Beers. É famosa por pedras grandes e azuis e também foi onde o maior diamante do mundo (joia bruta de 3.106 quilates) foi encontrado em 1905.

Veja também:

No início de 2015, o diamante Blue Moon of Josephine de Petra, cortado de um diamante azul bruto de 29 quilates, também foi vendido por US $ 48,5 milhões.

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow