Dia Nacional do Café: descubra quais são os três cafés mais caros do mundo! Preços partem de R$ 5 mil/kg -

Dia Nacional do Café: descubra quais são os três cafés mais caros do mundo! Preços partem de R$ 5 mil/kg

Dia Nacional do Café
Dia Nacional do Café
Crédito: Burst

O café é algo querido, cultivado e consumido em todo o mundo. Em seu escalão superior, o café é muito parecido com trufas, caviar ou Bordeaux envelhecido. É valorizado ao ponto de um preço altíssimo, muitas vezes flertando com uma taxa de quatro dígitos por quilo.

Quais são os cafés mais caros do mundo? A maioria de nós conhece o café Kona, adorado por sua maciez e bastante caro, principalmente as opções puro-sangue (feito com grãos 100% Kona) ou o café peaberry, uma mutação que resulta em torra menores, mais saborosos – e mais caros. Outros estão familiarizados com as coisas sofisticadas das Montanhas Azuis da Jamaica ou mesmo da Fazenda Santa Inês no Brasil.

Dia Nacional do Café
Crédito: Burst

Mas estamos atrás de opções verdadeiramente luxuosas, o tipo de café com o qual você comemora o fim de uma pandemia, o fim de férias exóticas ou o Dia Nacional do Café.

Veja também:

Aqui estão os três cafés mais caros que existem no mundo:

1. Black Ivory: R$ 16.000 por quilo

Este café vem do norte da Tailândia e, como muitos cafés luxuosos, o processo nem sempre é apetitoso. Esses grãos passam pelo trato digestivo dos elefantes, onde são ativados por uma família particular de enzimas que os tornam incrivelmente suaves e saborosos. É um processo complicado que rende muito poucos grãos inteiros, pois os elefantes tendem a quebrá-los. O resultado, porém, é um produto especial, amplamente visto como o café mais caro e mais valioso do planeta Terra.

2. Kopi Luwak: R$ 6.400 por quilo

Um meio indonésio valorizado de produzir café de luxo, Kopi Luwak faz referência ao processo que eleva os grãos a um território tão caro. Os grãos do café fermentam à medida que passam pela civeta, um gato nativo das florestas tropicais. Além dos ajustes químicos que o estômago do gato faz no grão, acredita-se que a civeta também tem faro para os grãos mais selecionados, comendo apenas o melhor. O que se produz é um café extremamente caro. 

3. Finca El Injerto: R$ 5.200 por quilo

Este café guatemalteco se beneficia de uma configuração de alta altitude de mais de 1.700 metros acima do nível do mar. Vem de uma única fazenda de café que costumava ser um talhão de cana-de-açúcar. Os microlotes desse café costumam ser leiloados. Como Kona e alguns dos outros nomes de café mais conceituados do mundo, Finca El Injerto é frequentemente usado em rótulos de torradores, mas nem sempre é feito com café cultivado neste cobiçado local da América Central.

Veja também:

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site  www.desejoluxo.com.br 

Join the Discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow