Chile: ativistas estão indignados porque ilha sagrada está à venda por R$ 100 milhões -

Chile: ativistas estão indignados porque ilha sagrada está à venda por R$ 100 milhões

Foto: Evelyn Pfeiffer/WWF Chile

A ilha de Guafo fica na rota das baleias azuis rumo aos fiordes da Patagônia chilena. É um ponto importante para a biodiversidade marinha, lar de uma flora rara e sagrada para o povo indígena Mapuche.

E agora, esta sagrada ilha no Chile está à venda.

A ilha de 50.000 acres foi oferecida no mercado imobiliário por US$ 20 milhões (R$ 105 milhões) – causando indignação entre ativistas e reacendendo um debate no Chile sobre propriedade privada versus patrimônio nacional. O anúncio online da Private Islands Inc diz que a ilha “possui mais de 70 quilômetros de litoral e oferece um lar para uma grande variedade de flora e fauna”.

Foto: mflores/Avitrek

Essa flora inclui uma espécie rara de árvore (congonilla) e a fauna, principalmente a marinha, é espetacular, incluindo as baleias azuis, jubarte, além de orcas e golfinhos. Ambientalistas e povos indígenas locais estão exasperados que a extensão de 217 km2 da ilha e suas águas – exceto por um farol operado pela marinha chilena – estão sendo oferecidas com o maior lance.

Veja também:

“A ilha é a porta de entrada para o Golfo do Corcovado, que é o local de alimentação mais importante para as baleias azuis e jubarte na costa chilena”, diz Yacqueline Montecinos, chefe de conservação da biodiversidade marinha do WWF.

Foto: Evelyn Pfeiffer/WWF Chile

Situada a 37 km a sudoeste da ilha maior de Chiloé, Guafo também abriga a maior colônia de cagarras fuliginosas, a colônia mais setentrional de focas do sul, uma população reprodutiva de lontras marinhas ameaçadas de extinção, bem como leões marinhos do sul e pinguins de magalhães com nidificação.

Veja também:

Em 2017, o WWF Chile iniciou uma campanha para que as águas da ilha fossem declaradas área marinha protegida, apoiado por um pedido do Senado do Chile, mas agora apoia uma oferta das comunidades indígenas Mapuche Huilliche de Chiloé para supervisionar a costa de Guafo.

Foto: Evelyn Pfeiffer/WWF Chile

“Estamos pedindo ao governo que considere o retorno [da ilha]”, disse Cristian Chiguay, lonko, ou líder, de onze comunidades Lafkenche de Quillón que fazem parte de um esquema para conservar pesqueiros ancestrais fora da ilha, onde coletam ouriços-do-mar e alga marinha de carragena vermelha usada em cosméticos para a pele.

“Vemos [a ilha] como uma fonte de vida e força espiritual. Para nós não é um negócio, não tem valor comercial ”, acrescentou Chihuay.

Atualmente a ilha é propriedade dos empresários Paul Fontaine e Rodrigo Danús, este último sobrinho do general Luis Danús Covian, ministro da Economia na ditadura militar de Augusto Pinochet. Sob sua propriedade, havia a preocupação de que os depósitos de carvão da ilha pudessem ser explorados, mas isso agora é improvável devido a um bloqueio do governo à mineração de carvão.

Curiosidades

Guafo é uma das seis ilhas chilenas atualmente à venda na Private Islands Inc. Mas, sua venda foi retirada da casa de leilões Sotheby’s Realty esta semana, aparentemente por causa do interesse da mídia. O Ministério do Meio Ambiente do Chile disse que a ilha e suas águas são um “hotspot para a conservação da biodiversidade”, mas como “propriedade privada, a legislação atual não permite … que seja declarada parque nacional, monumento natural ou reserva nacional”.

O futuro proprietário poderia transformá-la em área de conservação, acrescentou o comunicado, mas não seria obrigado a isso.

Por fim, os registros históricos mostram que Guafo está em mãos privadas há cerca de um século. Além disso, a ilha, apelidada de “Galápagos do Chile”, teria sido visitada por Charles Darwin em 1834 na segunda viagem do HMS Beagle.

Veja também:

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site  www.desejoluxo.com.br 

Veja também

+ Mudaram as regras para compra de carro para PCD; veja como ficou

+ Carol Nakamura compartilha projeto de sua mansão de R$ 2 milhões; veja

+ 20 passos simples para dar uma cara nova para sua casa

+ Você acha Gracyanne Barbosa sarada? É quer nunca viu a médica Chinesa Yuan Herong

+ Relógio de R$ 3 milhões de Faustão é inspirado em supercarro da Bugatti; veja

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ Enio Mainardi, publicitário e pai de Diogo Mainardi, morre de covid-19

+ Quarto feminino: 6 dicas que você precisa saber antes de planejar o seu

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo



arrow